Da Autora Ana Monteiro
Da Editora Novo Século – Talentos Da Literatura Brasileira
De 2015
Com 540 páginas


Eu sempre fiquei muito encantada com o universo vampírico, sempre gostei muito dos filmes relacionados com o tema e ai um dia uma amiga disse que eu P R E C I S A V A ler um livro chamado Crepúsculo, e ai meus amigos, foi amor a primeira palavra rs

Depois da saga Crepúsculo eu li A Menina Mais Fria de Coldtown (resenha http://www.leituraecia.com.br/2015/08/resenha-menina-mais-fria-de-coldtown.html) e agora acabei de ler O Diário de Samantha e mais uma vez, o amor à primeira palavra aconteceu!

Sim, Samantha é uma vampira. Mas diferente das historia que tem por ai, ela é uma vampira brasileira recém criada. Achei muito interessante explorar essa ideia de uma vampira nacional, porque ate então eu só tinha sido apresentada a vampiros gringos. Claro que na historia da Samantha tem vampiros de 400 anos de outros países, mas a historia é focada na brasileira e deixou o mundo dos vampiros muito mais próximo de nos reles mortais brasileiros.


“ E antes que eles tentassem qualquer coisa, arreganhei os lábios e cravei minhas presas no braço do cretino que me segurava e ele urrou de dor. “

A historia já começa com um baque e tanto, logo no primeiro capitulo a Samantha se mata! CALMA, não fiquem bravos, não é um mega spoiler, ela realmente se mata nas primeiras quatro paginas do livro. E então começa a verdadeira historia, o livro conta como uma moça carioca que tocava em uma banda com os amigos do colégio acaba sendo transformada em vampira e ficando super famosa com sua banda de rock. A historia é contada conforme a Sam vai escrevendo o diário e por que ela esta escrevendo o diário? Oras, porque ela pretende se matar e quer que seu namorado Victor Hugo saiba de toda verdade.


“Quando acabei de escrever o décimo sétimo capítulo, sobre a Lei do Sigilo, comecei a refletir sobre o quanto e estava sendo contraditória, colocando no papel toda a importância de mantes a nossa espécie no anonimato, quando, na verdade, o que estava fazendo era justamente o contrário.”
Vou falar um pouquinho sobre os outros personagens da historia... tem o Nicholas que é de origem europeia e já tem uns bons anos na vida da imortalidade, ele e a Sam são um casal, que acaba virando um triangulo amoroso quando o Victor Hugo entra na historia.

“ - Eu sou... a sua salvação, minha querida, a cura para a sua dor. – Ele respondeu, com um leve sorriso e um ar de superioridade incrível cativante.”

Victor Hugo é um rapaz mortal que acaba apaixonado pelos encantos da bela Sam e nada sabe sobre o vampirismo da moça.

“ Nicholas sabia da minha amizade com Victor Hugo e, para dizer a verdade, acho até que ele se divertia com isso.”

A historia também tem o Príncipe Wilhem e sua amada Annabella, ambos vampiros, donos do Midnight Hour e governantes da prole vampírica do Rio de Janeiro.

E é claro que eu não podia deixar de falar dos meninos da banda! Dudu que toca guitarra e é o melhor amigo de Sam, Fraldinha no baixo, Azeitona que fica na bateria e é irmão de Dudu e o Siri que também toca guitarra e é casado com a Tati.

“Subi no palco e logo uma luz se acendeu, iluminando o nosso desenho. Opublico gritou, deduzindo que o show estava prestes a começar. Os meninos tocaram alguns acordes em suas guitarras e baixo, e Azeitona bateu suas baquetas uma na outra duas vezes, para se aquecerem, confirmando a suspeita do publico, que gritou novamente.”

Também preciso falar do Ricardo que é empresário da banda e do Maurice que foi quem lançou o primeiro CD da banda e acabou virando amigo de todos.

Como toda boa historia de vampiros é claro que em O Diário de Samantha não poderia faltar romances arrebatadores, mortes, sedução e ódio. Também preciso avisar que a historia contem trechos bem picantes, então nada de novinhos(as) lendo esse livro eim HAHA

Agora vamos ao que mais me encantou no livro: as musicas! Nas paginas 31 e 32 a Sam e os garotos da banda fazem uma play list de musicas para começar a ensaiar e tocar. Assim que vi essa play list sai a procura das musicas e desde então eu li o livro com essa trilha sonora. Para mim foi uma experiência inusitada e incrível, porque eu nunca tinha lido um livro e escutado musicas pré-selecionadas pelo autor antes. Então pessoal, se vocês forem ler esse livro, acho que deveriam muito fazer essa experiência.

“Esta era a lista completa de musicas que Fraldinha anotou no caderno:


Concreet Blond – Bloodletting

Concreet Blond – Heal it up

Siouxsie and the Banshees – Cities in dust

Sisters of Mercy – More

Type O Negative – Black no. 1

The Mission – Butterfly on a wheel

Radiohead – Creep

Alice in Chains – Would?

Depeche Mode – Strange love

The Cult – Rain

Ramones – Pet Sematary

Ramones – I wanna be sedated

Soul Asylum – Runaway train

Kiss – Creatures of the night

Iron Maiden – Children of the damned

The Doors – When the music’s over ”


A historia é rica em detalhes e foi escrita de forma a instigar o leitor a querer sempre ler mais um capitulo. Foi muito fácil e gostoso ler a historia da Sam e dos seus amigos e amores.

Sobre o fim, só posso dizer que é desesperador hahaha

“ - Eu sei... o que fazer... com isso...”


8 Comentários

  1. Oi And, tudo bem?
    Adorei a sua resenha, já estou de olho nesse livro faz algum tempo e depois da resenha, ele me cativou bastante.
    Só que não sei se iria me dar muito bem com essa história de vampiros, porque não é uma das minhas preferidas...
    Beijão,

    Vinicius
    omeninoeolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii vini tudo bem sim e você?
      Eu sei que as pessoas acabam ficando meio assim com historias de vampiros, mas essa tem suas peculiaridades... Acho que deveria dar uma chance eim rsrs
      Se por um acaso resolver ler, me diga depois o que achou *-*

      Excluir
  2. Ooooi! Aaaah, quando vi que tem triângulo amoroso chega fiquei pra baixo aqui Kkkkkkkk Não sou fã ou mesmo gosto de triângulos, então a leitura - creio eu - que nem vai rolar :/ Mas, achei a capa bem diferente, mas a fonte do título não me agradou tanto... Eu sendo crítica de mais, né? Sorry!
    Enfim, sua resenha está um amor, parabéns!
    Beeeijos e boas leituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Ruhh, obrigada!!!
      Então esse triangulo amoroso é meio diferente, não sei como explicar sem dar spoilers...
      Acho que você deveria dar uma chance pra historia... quem sabe não acaba gostando rsrs
      E sobre a capa, eu achei tão linda! Serio que não curtiu muito? :(

      Excluir
  3. ;) ótima resenha esse livro promete fortes emoçoes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É cheio de emoções e mistérios mesmo Danni!!!

      Excluir
  4. Oieee, Andressa :) Eu amei a resenha, parabéns :)

    ResponderExcluir

Ola divirta-se fica a vontade sua opinião é muito importante para nossa equipe
bjks até a proxima. *-*

Topo