RESENHA

Livro: Cidades de Papel.
Autor: John Green.
Ano: 2013.
Editora: Intrínseca.

Nos meus posts, vocês saberão que ele (John Green) é um dos meus autores favoritos, e me sinto muito sortuda em poder falar de seu livro que na minha opinião é o melhor dele, a mesma sorte que Quentin Jacobsen sente em ter Margo Roth Spiegelman como sua vizinha.
Na infância Quentin e Margo eram amigos, mas, em um dia que achavam que sairiam para dar uma volta de bicicleta rotineira, ocorre algo que os mudará, mudanças tão grandes que agora não eram mais amigos, somente conhecidos que estudavam na mesma escola e que por coincidência eram vizinhos, Margo se tornará popular, uma das meninas mais invejadas, mas, la no fundo ela possui um mistério que somente Quentin consegue perceber, o mesmo que é o aluno exemplar, orgulho dos pais, que tem a vida sossegada, até que Margo aparece em sua janela no meio da noite e o convida para uma grande aventura.
Bom devo adicionar também que adoro os amigos de Quentin, Ben Starling e Radar que conduzem o lado cômico da história, me peguei mais de uma vez dando gargalhada desse livro.
Recomendo muito Cidades de Papel, acho um YA totalmente desprendido do convencional, marco que já é característico de seu autor, mas, não nego a minha apreensão para a adaptação cinematográfica, respiro aliviada ao lembrar de  "A culpa é das estrelas" e de quão fiel foi ao livro.

Bjos;

  Ass: Thais Leal.




4 Comentários

  1. Parabéns linda, e obrigado por se juntar a família Leitura & Cia *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Pri, eu que agradeço a oportunidade...

      Excluir
  2. Amei seja bem vinda a familia cia espero que ser torne amigo do pensamentogeeks Geek's

    www.pensamentogeeks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ola Emerson obrigado por sempre apoiar o Blog você sabe que mora no meu core né bjks garoto Geeks

    ResponderExcluir

Ola divirta-se fica a vontade sua opinião é muito importante para nossa equipe
bjks até a proxima. *-*

Topo