Escritor Laicon Christian -livro: Dimas O Bom Ladrão





1-Lendo um romance, vendo um filme, uma novela, gostaria de mudar o final? Citar exemplos?

Sempre (rsrs). Acho que uma obra, seja literária, televisiva ou cinematográfica, deve partir primeiramente da originalidade. Alguns autores conseguem se perder dentro de sua própria obra, desfocando, às vezes, o grande objetivo da mensagem da obra. Vejo muitos enredos parecidíssimos circulando nestas três formas de arte e esta foi a minha grande preocupação com a obra que me dispus a produzir. Queria escrever uma história que, até então, ninguém tinha abordado. Como exemplo podemos pegar a franquia Divergente que se parece bastante com outra franquia de enredo semelhante como Jogos Vorazes. Na televisão, temos sempre as mesmas novelas nos mesmos formatos e atualmente, o conteúdo apelativo das mesmas tem descaracterizado as supostas boas intenções dos autores. Ao meu ver, falta originalidade nas obras artisticas de hoje...


2-Quando percebe, porém, que a persongem está fraca, que as idéias estão murchas, você recomeça ou adota a ironia em relação a elas?

Recomeço quantas vezes for preciso. Pra você escrever bons diálogos e montar as caracteristicas de suas personagens que façam os leitores montarem as suas fisionomias em seus conscientes você têm que estar conectado intimamente com a história e isso requer uma dose de silencio e concentração. A história tem que vir aos seus olhos e quando isso acontece, tudo flui. Escrever com a mente pertubada afeta a regularidade das ideias...


3-Quando começou a ecrever, já fazia planos de serguir carreira?

Não fazia a menor ideia do que eu estava fazendo, só sabia que estava caminhando para uma coisa que poderia dar certo. Não tinha noção de como começar a escrever um livro e essa sabedoria veio com o tempo, com as minhas experiencias literárias e com muita pesquisa para compor o enredo da história. Digo sempre que eu e o Bom Ladrão aprendemos juntos a formar o nosso trabalho e o resultado foi esta obra maravilhosa que em breve estará a olhos vistos...


4-Música de fundo é indispensável?

Sem sombra de dúvida. A música me faz entrar no universo de minhas histórias e tenho uma trilha sonora para cada situação e para cada personagem (rsrs). Ajuda a tornar a história mais viva, pois a emoção de uma música deixa as palavras verdadeiras e sinceras...


5- É notívago ou só cria à luz do dia?

Notívago assumido! Quando tenho tempo livre durante o dia também é uma boa hora para produzir mas a noite me inspira. As horas da madrugada são as minhas maiores companheiras e muitas vezes também sonho com alguma peculiaridade sobre a história que automaticamente vai parar nos capitulos. É um trabalho continuo...


6- O mais difícil: a primeira ou a última frase?

A última frase sempre é a mais difícil, pois ela é responsável pelo gancho entre um capitulo e outro e geralmente tem que possuir alguma palavra de efeito que instigue o leitor a procurar saber mais a cada capitulo. É um jogo de paciencia até a palavra certa se encaixar naquilo que se deseja falar...


7-O seu primeiro leitor: você, seu gato, um parente, amigo, editor? Ou convoca a gangue inteira para ma avant-premiére?

A minha primeira leitora foi minha mãe, apesar de a mesma não crer muito que a ideia fosse levada adiante e só acreditou quando imitou São Tomé ao ver a obra pronta impressa em suas mãos. Foi uma opiniao importantissima, pois herdei o seu lado crítico e seu aval era muito importante, pois melhor verdade do que da mãe ainda não existe neste mundo. Quem sabe no próximo exista (rsrs)


8-De onde vêm os seus personagens? são inspirados em pessoas reais ou em fatos?

De minha cabeça doentia (rsrs). Eles são inspirados em pessoas comuns do dia a dia e em alguns personagens marcantes que fizeram parte de minha trajetoria até aqui. São humanos carregados com as suas complexidades e aprendem a lidar e solucionar as mesmas através do progresso de suas ações nesta Terra e é isso que os torna heróicos e importantes...


9-Qual de suas obras/personagens é seu favorito? porque? o que ele significa para você?

Todos os meus personagens são os meus favoritos pois cada um carrega um pedaço de mim em suas palavras mas, confesso que tenho um grande apreço e carinho pelo casal protagonista do livro. Eles nos ensinam que o amor é feito de entrega, de lealdade e de cumplicidade...



Considerações Finais

Agradeço primeiramente a Deus pela oportunidade desta entrevista e a chance de expor mais um pouco a gradiosidade daquilo que estar por vir. Para aqueles que estão ansiosos como eu, que o Bom Ladrão estejam com vocês e apazigue os vossos corações nesta espera e quando cheguar o benvindo momento, onde a história estiver em vossas mãos, que todos sejam muitos felizes e aprendam a ser seres humanos melhores nas vossas caminhadas pelas estradas da vida. Amém...

trexos do livro:



" - Os filhos do trovão, Tiago e Joao e Simão, o pescador galileu, tentavam decifrar os pensamentos do Filho do Homem e foram tomados de assalto quando deram de encontro a Jesus. Todos se reuniram em volta dele e muito sereno, porém sentido, disse: “ – Lázaro neste momento dorme. Porém, eu vou acordá-lo...” – disse tranquilo. Os apóstolos não entendiam o que o Mestre queria dizer porem respeitaram o que Jesus iria fazer com relação a Lazaro. Simão perguntou: “ – Mestre, se Lázaro dormes, então vamos logo para o lugar onde todos estão para que possas despertá-lo...” – disse humildemente. Jesus porem disse: “ – Sua atitude é nobre, Simão, porém é preciso caminhar mais um pouco até irmos ao encontro de Maria e Marta. Tenhamos fé e paciência...” – e se pondo a caminhar, foi seguido pelos outros e falava as claras sobre todas as coisas, mas os apóstolos não entendiam a grandeza das palavras do Mestre. Apenas o que era revelado era propicio de entendimento..."


‪#‎livro1‬
‪#‎lançamento‬




" - Dhara havia envelhecido. O tempo se encarrega de mudar tudo em nós, mas a mulher do deserto só havia mudado na aparecia. O frescor da juventude e o vigor das decisões de seus tempos de jovem ainda eram suas marcas mais impressionantes. Sua sabedoria se construiu e era uma das mais solidas dentro do grupo. Era a incentivadora, a amiga, a capitã, aquela que fazia sorrir e também aquela que mostrava o que realmente éramos quando nós não queríamos saber de nossas virtudes ou quando estávamos mais preocupados em nos ater apenas nas nossas fraquezas. Sua vida não era normal como toda mulher possui. Sua casa era o mundo. Sua família era um clã que abraçou com o mais tenro dos amores, um general fatigado e cansado e o povo pelo qual lutava..."

‪#‎livro1‬
‪#‎lançamento‬

Contato:

twitter:
https://twitter.com/LaiconChristian

Facebook:

Skoob:

Email:





3 Comentários

  1. Parabéns e sucesso! Você merece, aguardando para ler o seu trabalho.

    ResponderExcluir

Ola divirta-se fica a vontade sua opinião é muito importante para nossa equipe
bjks até a proxima. *-*

Topo